Solimar Silva
Crônicas, poesias, artigos diversos, livros, cursos, palestras e oficinas!
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Você precisa de mais tempo?
 
“Como você consegue fazer tanta coisa?!” Essa é uma das perguntas que mais ouço ou recebo por mensagens. Pois bem, no início do ano, resolvi compartilhar um dos meus “segredos” em um curso curtinho de uma semana de duração, totalmente online. Decidi contar sobre a importância do estabelecimento de metas para que alcancemos mais sucesso em nossas vidas. E ofereci o curso gratuitamente.
Muitas curtidas, uns trinta inscritos, doze selecionados para participar. Desses, apenas uma pessoa conseguiu realizar todas as tarefas propostas, organizar metas para o ano, escrever sonhos para a vida.
Por que não os outros onze?
Muitos alegaram exatamente a falta de tempo durante aquela semana, mesmo tendo sido avisados de que precisariam de trinta minutos diários para fazer as atividades. Falta de tempo. A maioria das pessoas diz hoje que precisa de mais tempo. É o seu caso?
Muitos querem o sucesso, mas esquecem de avaliar se estão dispostos a pagar o preço. Querem passar em um concurso público, mas não se comprometem com estudo sistemático por horas e horas diárias, por meses a fio. Querem emagrecer, mas sem acordar mais cedo para fazer exercícios ou preparar refeições mais nutritivas. Querem prosperidade financeira, mas não resistem a compras por impulso de coisas desnecessárias.
O segredo para a falta de tempo é simples: foco em metas claras. Determine o que quer realizar, que livros quer ler ou escrever, que cursos fazer ou qualquer outra atividade que seja importante. Daí, antes de partir para a ação ou mesmo antes de achar que não vai ter tempo, faça uma pequena avaliação para saber como fazer a mágica de fazer o tempo trabalhar a seu favor. Isso pode incluir acordar mais cedo, desligar-se das redes sociais durante algumas horas, despedir-se de grupos no Whatsapp que em nada acrescentam, organizar melhor sua rotina e, finalmente, começar a fazer o que você talvez venha adiando, mesmo que seja com um pequeno movimento, uma minúscula ação em direção ao que você quer realizar.
Sugiro que você dedique pelo menos quinze minutos do seu dia pensando sobre suas metas, revendo resoluções de ano novo para que não sejam esquecidas já no primeiro mês. E, claro, encontrando tempo para esses planos, sonhos e metas. Se algo é importante para nós, não é possível não termos trinta minutos do nosso dia para fazê-la acontecer.
Por exemplo, ler é importante para mim. Não passa um só dia em que eu não leia, não apenas obrigações do trabalho, mas livros e revistas que eu queira ler. Pelo menos uma página. Eu tenho que ler. Eu quero ler. Incrivelmente, não tenho a desculpa de que não leio por falta de tempo. Ler é uma prioridade para mim e, assim, sempre há tempo para essa atividade.
Sempre vamos ter tempo para o que é importante. Para isso, por mais óbvio que seja, é necessário determinar o que é realmente importante. Do contrário, vamos ficar assustados ao perceber que ficamos duas horas apenas rolando a tela do celular para ver as fotos dos nossos amigos em suas últimas viagens, passeios e festas. Duas horas por dia, catorze horas por semana, sessenta horas por mês, setecentas e vinte horas por ano.
O que você faria com essas horas todas em um ano se não estivesse apenas nas redes sociais, assistindo a séries direto ou apenas se ocupando ao invés de estar produtivo? Em média, daria para fazer:
Duas pós-graduações (cada uma tem a média de 360 horas/aula); ou
Dois semestres inteiros de uma graduação (cerca de dez disciplinas de uma faculdade); ou
Se pensarmos em uma média de leitura de 20 páginas por hora, seriam 14.400 páginas lidas em um ano. Seriam cerca de 50 livros de 300 páginas cada um por semana; ou
Alcançar uma fluência básica em um idioma estrangeiro, estudando por conta própria!
Ou tantas outras coisas se forem sua prioridade.
Mas, é preciso estar atento. Hoje em dia, cada vez mais, é fácil perdermos o foco e a concentração.
Todos ganham vinte e quatro horas por dia. Cabe a nós utilizarmos o mais sabiamente possível esse recurso. Então, da próxima vez que for dizer que está sem tempo, avalie se está se dedicando ao que é mais importante e repita todo o processo.


Publicado originalmente AQUI.
Solimar Silva
Enviado por Solimar Silva em 29/08/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários