Solimar Silva
Crônicas, poesias, artigos diversos, livros, cursos, palestras e oficinas!
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


Três pedaços de pão

 
Ela acordava de madrugada, mansinho. Casa pequena, mas a gente não ouvia ruído. Fazia o café e chamava os filhos. Toda manhã, sobre a mesa, um pão francês que ela dividia em três partes. Cada um dos filhos comia aquele pedaço pequeno de pão, às vezes, medindo para ver se o pedaço do irmão era maior. Coisas de criança. E todos os dias ela nos alimentava de pão pela manhã, enquanto cuidava para que nossos sonhos não ficassem subnutridos. Alimentou-nos mais, como só descobriríamos muitos anos depois, quando finalmente percebemos: éramos três filhos! Eram apenas três pedaços de pão! E a mãe? Meu Deus, e a mãe?! Só quando amadurecemos pudemos entender que ela nunca comia do pão! Alimentava-se para além daquele amor incondicional de mãe... E, veja, eu só te contei sobre o café da manhã... 
 
Solimar Silva
Enviado por Solimar Silva em 16/05/2016
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários